Nav icon
Dre Guazzelli
Radar

Multi-artista Dre Guazzelli faz sucesso com a INNER multi.art

Postado por Alisson Prando / 9 March, 2017

Ele é artista, empreendedor, realizador de sonhos e ideias. Para a WE Mag ele contou sobre carreira, inspirações e rotina.

André Guazzelli, também conhecido como Dre Guazzelli é um dos nomes mais inventivos da cena de música eletrônica, arte e cultura em São Paulo. Apesar de ter discotecado em lugares como Malibu Beach Club, Guarana Ocean Drive, Privilege Club, ele conta que se tornar DJ, uma de suas atividades, não foi exatamente uma escolha pensada.

“Não cheguei a decidir que seria DJ. Foi algo que aconteceu naturalmente. Mas desde que vi os equipamentos na minha frente e vi o que se passava em uma festa de verdade me apaixonei e foquei energias e estudos profundos para que isso se transformasse na junção de uma atividade prazerosa misturada com trabalho, ou seja, liberdade com responsabilidade”.

What-Else-Mag-Radar-Gente-Entrevista-DJ-Dre-Guazzelli-01

Inspirado por Deep House, Dre bebe nas fontes de artistas como Disclosure, Marco Carola, Maceo Plex, Solomun, Phonique, Jamiroquai, The XX. A sorte e o talento do cara são tamanhos que é difícil escolher uma noite memorável em anos de carreira.

“Algumas me deixam muito feliz como a primeira vez que toquei em Ibiza, a primeira vez que toquei em um dos principais clubs de Ibiza; tanto a Privilege quanto a Amnesia. Na F1 de Mônaco. No topo das montanhas cheias de neve na Suíça e Áustria. A primeira vez e todas as vezes que toquei no Burning Man. A primeira vez que toquei no palco principal no Universo Paralello na Bahia. As tocadas nas minhas festas em SP. É difícil elencar uma tocada específica, todas essas que citei tem ingredientes que me fazem ter energia para querer fazer ainda mais e melhor para mim e para todos. Todas deram um pequeno sinal que eu estava lá naquele momento por merecimento e que eu estava no caminho certo, por isso agradeço cada uma delas, mesmo as mais simples que me ajudaram a moldar uma carreira sólida e sem ego”.

What-Else-Mag-Radar-Gente-Entrevista-DJ-Dre-Guazzelli-02

Organizando festas desde os dezoito anos, a paixão pelas baladas levou Dre a criar o projeto INNER multi.art, uma elogiada festa temática que conta com vários artistas de diferentes estilos, designer de iluminação, videomaker, bandas, DJs, e grafiteiros, modalidade artística que foi polêmica por conta da recente gestão de João Dória, atual prefeito da cidade de São Paulo que optou por apagar vários murais e expressões artísticas da cidade, pintando os muros de cinza, sobre isso Dre dispara:

A arte deve estar no dia a dia de todos nós. Sem arte a vida fica cinza. Com cores nossa vida fica muito mais feliz e inspiradora. Eu prefiro as cores. Eu amo arte. Eu sou arte. E acredito que todo ser humano de uma forma ou outra respira arte. Assim como a música, arte é um alimento. Prefiro muito mais pratos coloridos do que cinzas (risos)”.

What-Else-Mag-Radar-Gente-Entrevista-DJ-Dre-Guazzelli-03

Apesar de levar uma vida noturna agitada por conta das festas, Dre garante que tem uma rotina tranquila, desafiando sempre o estereótipo comum de baladeiros enquanto junkies.

“O equilíbrio é a chave para tudo. O yoga me traz paz. A meditação me conecta com o além e o além me inspira. A balada cheia de pessoas dançando é tão importante quanto ao retiro e o silêncio. A pausa para digestão faz nós filtrarmos os fatos. As decisões não foram da noite para o dia, foram acontecendo na medida que eu mostrava mais interessa em me conhecer mais, em conectar com o todo e parar de reclamar ou colocar a culpa em algo ou alguém. Quando estamos equilibrados nós entendemos e compreendemos que tudo que fazemos reflete no que somos, que tudo que vai, vem. Que colhemos o que plantamos. Equilíbrio deixa a vida mais calma, com menos ego e mais amor”.

What-Else-Mag-Radar-Gente-Entrevista-DJ-Dre-Guazzelli-04

A paixão pelo equilíbrio é tamanha que quando em momentos de descontração Dre opta por ver a série ‘Cosmos’ na Netflix, idealizada por Carl Sagan, a série investiga cientificamente a humanidade.

Tendo tocado em diversos festivais, países e também Brasil adentro, Dre é categórico sobre a melhor cena noturna do mundo.

“Ibiza, a Disneylândia do ser humano que gosta de festas boas, música boa, praias lindas, sol e tudo que vem junto! Lá eu toquei 9 vezes e cada uma delas foi um aprendizado maravilhoso. De beach clubs, a bons restaurantes, pessoas interessantes e sem falar nos djs e baladas incríveis. Praia, música e Sol”.

What-Else-Mag-Radar-Gente-Entrevista-DJ-Dre-Guazzelli-05

Você pode acompanhar o som criado por Dre em sua página no SoundCloud e curtir sua página no Facebook.

Fotos: Divulgação

O que você achou?