Nav icon
what-else-mag-cultura-fotografia-nick-knight-cover
Cult +

Desafiando o Status Quo com a Fotografia de Nick Knight

Postado por Alisson Prando / 28 December, 2016

Dono de uma estética plástica, recheada de cores vivas, formas surpreendentes e experimentalismo, a What Else Mag dedica esta matéria a desvendar e ingressar no mundo fotográfico de um dos mais talentosos artistas contemporâneos.

Nascido em 1958 em Londres, Nick Knight atualmente é um dos maiores fotógrafos do mundo. Seus talentos já foram usados por marcas como Dior, Levi Strauss, Swavoski, Calvin Klein e Yves Saint Laureant. Considerado um dos nomes mais ilustres e esteticamente desafiadores do mundo da fotografia, Alexander McQueen, Galliano e Yohji Yamamoto foram também seus clientes.

what-else-mag-cultura-fotografia-nick-knight-01

Uma das maiores tarefas de Nick Knight desde o início de sua carreira foi desafiar o status quo, como bem-dito por ele numa famosa frase: “Eu não quero refletir as mudanças sociais, eu quero causá-las”. Sua trajetória inicia-se fotografando a vida cotidiana inglesa, no começo dos anos 80.

SKINHEADS

O primeiro livro surge em 1982, intitulado de ‘Skinhead’, onde Knight fotografa o início do movimento skinhead em Londres. À época, o livro sofre inúmeras críticas, mas hoje é consolidado como um dos melhores e mais fieis retratos realistas dos jovens marginais ingleses.

what-else-mag-cultura-fotografia-nick-knight-02

Em uma entrevista ao The New York Times, o fotógrafo confessa que ingressou no mundo das artes quase por acaso: “Sempre havia uma câmera em casa e era um modo de conversar com as garotas”. Nick Knight estudou na Universidade de Artes e Design de Bournemouth, e dedicou-se completamente à fotografia e vídeo. Em 1985, ganha um dos prêmios de Designers e Diretores de Arte do Reino Unido por suas fotografias de skinheads. A partir daí, passa a colaborar com Terry Jones, o criador da publicação ‘i-D’.

VOGUE

Em 1993, Nick Knight fotografa uma capa para a revista Vogue que marca o início de uma era grunge. A foto pode parecer comum aos olhos menos atentos, mas à época, seu flash completamente estourado em um fundo vermelho gliterizado foi revolucionária.

what-else-mag-cultura-fotografia-nick-knight-03

Em 2010, o fotógrafo colaborou com Lady Gaga para a criação do icônico alterego Jo Calderone, modelo masculino, nascido na Itália. Jo fez uma campanha para a Vogue Japão, que se tornou extremamente popular.

PARCERIAS COM ARTISTAS

Nos anos 2000, Nick Knight cria o SHOWStudio.com, uma plataforma online de moda, performance e mídia com projetos interativos e experimentais, colaborando com artistas como Björk, Lady Gaga, Kate Moss, Leigh Bowery e Antony & the Johnsons.

what-else-mag-cultura-fotografia-nick-knight-04

OS CORPOS OBJETOS

Em sua obra filosófica ‘Problemas de Gênero’, a filósofa lésbica, judia e feminista norte-americana Judith Butler coloca em cena o conceito de corpos abjetos: são os corpos que não se encaixam, os corpos excluídos da matriz heterocapitalista, os corpos marginalizados e indesejáveis.

Em um de seus projetos mais ousados, Nick Knight fotografou modelos que eram deficientes físicos: pessoas sem braços, pernas ou com membros mecânicos – extrapolando, por exemplo, o conceito de ciborgue, criado pela filósofa Donna Haraway: um ciborgue é um organismo cibernético, um híbrido entre máquina e organismo, uma criatura de realidade social e também uma criatura de ficção.

what-else-mag-cultura-fotografia-nick-knight-05

Nesse editorial, Nick Knight recria a famosa Vênus de Milo de forma poética. Finalmente, um fotografo tão grande abraçava pessoas com deficiência física e integrava elas no segregador e ditador universo da moda.

“Nick os fez parecer fabulosos, e forçou as pessoas a olharem para eles de forma diferente”, relata Lisa Armstrong, editora de moda do jornal britânico ‘The Times’.

VIDEOS CLIPES E CAPAS DE DISCOS

Nick também é famoso por emprestar seus talentos a músicos e artistas que permeiam a cultura POP e também cultura underground. Várias capas de discos foram clicadas por ele: Born This Way (Lady Gaga), Homogenic e Volta (Björk), Mezzanine (Massive Attack), 3 Words (Cheryl Cole) e Love, Angel, Music, Baby (Gwen Stefani).

what-else-mag-cultura-fotografia-nick-knight-06

O videoclipe de ‘Pagan Poetry’, uma das obras mais belas da vídeo-arte, assinada pelos grandiosos Alexander McQueen, Nick Knight e Björk, em promoção do disco ‘Vespertine’. O vídeo utiliza cenas reais de sexo entre Björk e Matthew Barney, seu marido à época. Na parte final do vídeo, a islandesa usa um vestido do estilista inglês Alexander McQueen, mostrando também grandes piercings costurados a seu próprio corpo e um colar de pérolas.

‘Born This Way’, foi o lead-single do álbum de Lady Gaga que marcou uma geração inteira. No videoclipe, dirigido por Knight, a artista norte-americana presta homenagens à comunidade LGBT e dá luz à uma “nova raça” pós-humana, onde não há preconceito, medo, racismo, transfobia e homofobia.

PUBLICIDADE

Nick Knight, depois de criar o SHOWStudio, também assinou comerciais para grandes marcas, como anúncios de fragrâncias Dior, novos veículos Land Rover e grifes internacionais como Hermès, Louis Vuitton, Calvin Klein, Yves Saint Laurent, Giorgio Armani e Vivienne Westwood.

what-else-mag-cultura-fotografia-nick-knight-07

Desafiando padrões estéticos e culturais, Nick Knight tornou-se um dos maiores gênios de sua época, colaborando com modelos e artistas das mais diversas áreas, completando uma obra icônica e complexa, que envolve fotografia, vídeo-arte e tecnologia.

Fotos: ®Reprodução

O que você achou?