Nav icon
luxo
Manual

A Influência do Streetwear nas Marcas de Luxo Europeias

Postado por Rodolfo Vieira / 14 August, 2018

Quem diria que nas temporadas de moda recentes, as peças antes abominadas, como pochetes, sneakers grotescos, logos grandes e bonés estilo caminhoneiro, se tornariam itens desejáveis por uma massa de consumidores ao redor do mundo.

Elaborada pela plataforma de pesquisa Lyst, referência na moda, acaba de ser divulgado o segundo ranking (Q2) trimestral de 2018 das marcas de luxo e produtos mais populares dos últimos meses: a Lyst Index, concluída após análise de comportamento de compras online de mais de 5 milhões de consumidores entre cerca de 12 mil estilistas e e-commerce.

luxo

Foto: Eva Al Desnudo

O mais novo ranking indica o Top 10 das “hottest brands” do momento, e a What Else Mag traz uma seleção com um breve resumo do sucesso por trás das 3 grifes do pódio e seus respectivos produtos-chave, que reinam nas passarelas, nas pesquisas e no street style dos últimos tempos. Gucci, Off-White e Balenciaga. O que os diretores criativos das marcas de luxo têm em comum e como eles tornaram-se responsáveis por movimentar e injetar entusiasmo de volta à moda?

1. GUCCI

Não é novidade para ninguém que a Gucci tornou-se uma das grifes de sucesso indiscutível mais comentadas no radar (não só) da moda desde a entrada de Alessandro Michele, em 2015, no cargo de diretor criativo da marca italiana.

luxo

Foto: Eva Al Desnudo

Preenchida por uma estética vintage de referências inusitadas em seu universo de exageros, Michele demonstra expertise imbatível em unir o DNA tradicional de uma grife, fundada em 1921, aos anseios do consumidor atual – centralizado, sobretudo, na geração millennial cada vez mais imersa no universo virtual, ávida por informação e o decorrente consumo de moda.

luxo

Foto: Eva Al Desnudo

Prova disso são as recentes campanhas da grife, como a de alfaiataria com Harry Styles e a Pre-Fall 2018, ambientada em maio de 1968, época dos movimentos estudantis na França. E, claro, as listas de consumo que estampam produtos da Gucci mais de uma vez como mais vendidos nas plataformas físicas e digitais, como exemplo: as camisetas brancas básicas com o logo e faixa bicolor icônicos dos anos 70 e as peças banhadas em logomania que voltam a protagonizar os cliques de street style mundo afora.

luxo

Itens Básicos: 1. camiseta vintage | 2. pochete | 3. slipper princetown

2) Off-White

Dialogando com a juventude e, certamente, a principal marca de streetwear de luxo do momento, a grife italiana comandada pelo ganense-americano e fenômeno Virgil Abloh alçou voos promissores e rentáveis para o mercado de moda nos últimos anos devido ao seu know-how em conciliar a estética couture com a moda das ruas – e o que não falta são dados (e capas de revista) que justifiquem tamanha notoriedade.

luxo

Foto: Asia Typek

Além de ter marcado de forma ímpar a história da moda com seu desfile de estreia no masculino da Louis Vuitton no último mês de junho, em razão de um début que serviu como manifesto do estilista por inclusão, diversidade e pluralidade, Virgil construiu sua grife após cursar engenharia, arquitetura e aventurar-se pela moda, área que o fez tornar-se bff de Kanye West – desde 2003, quando ambos eram parceiros de estágio na Fendi.

luxo

Foto: Asia Typek

Refletindo o estilo moderno conceitual característicos da marca, a Off-White recebe atenção em grande parte graças às diversas colaborações que conversam diretamente com os princípios de Virgil em sua etiqueta. As mais recentes responsáveis pela posição da grife no topo da Lyst: a collab com Rimowa, materializada pela mala de viagem transparente, e outras como os calçados elaborados com a Nike e Converse – vale lembrar: vendidos na loja conceito Cartel 011, em São Paulo, por esquema de sorteio e rapidamente esgotados.

luxo

Itens Básicos: 1. moletom com listras | 2. sneakers cano alto | 3. cinto industrial

3) Balenciaga

Talvez a marca de luxo mais comentada pelos fashionistas na atualidade, a espanhola Balenciaga manteve-se no topo do pódio da Lyst Index por três trimestres consecutivos e razões para tal excelência não faltam. O mentor disso? Demna Gvasalia, diretor criativo da marca, que desde 2015, tem agitado as semanas de moda de Paris e causado frenesi no radar da moda, uma vez que comanda também a Vetements – outro exemplo de grife conduzida pela sintonia com a geração de jovens aficionados por streetwear de luxo.

luxo

Foto: Eva Al Desnudo

Sem dúvidas, a ousadia de Gvasalia em trazer peças geralmente consideradas de “mau gosto” pelo senso comum – como a parceria polêmica com a Crocs e os tênis Triple S às passarelas parisienses caracteriza-se como o fator essencial de impulsão da grife aos primeiros lugares das pesquisas relacionadas a vendas ou das mais comentadas ou mais adoradas.

luxo

Foto: Eva Al Desnudo

Dessa forma, Demna consegue transformar aos poucos a maneira como a moda pode ser enxergada e consumida, incentivando criatividade e inovação tão requisitada por uma sociedade, geralmente, ainda agarrada a valores conservadores.

luxo

Itens Básicos: 1. jaqueta esportiva | 2. boné beisebol | 3. sneakers triple s

O que você achou?